Antigo Observatório da Avenida PaulistaA criação e implantação do Departamento de Meteorologia foi consequência da existência da Estação Meteorológica, instalada em 22 de novembro de 1932 no Parque do Estado (hoje Parque Estadual das Fontes do Ipiranga), onde se realizavam obras do novo Observatório Astronômico de São Paulo.

A Estação Meteorológica do Parque do Estado, por sua vez, tinha a finalidade de substituir a Estação Meteorológica Central do Serviço Meteorológico do Estado de São Paulo que funcionava no velho Observatório de São Paulo, situado na Avenida Paulista n o 69, que deveria ser desativada após concluir um período de observações simultâneas, o que de fato ocorreu entre 1933 a 1936. Em decorrência das diversas modificações ocorridas com o Serviço Meteorológico de São Paulo, a Estação Meteorológica do IAG desligou-se da rede de estações permanecendo como estação isolada, direcionada para a coleta de dados climatológicos locais e pesquisas. Vista do Observatório de São Paulo, situado no Parque Estadual das Fontes do Ipiranga

Na época da organização do Departamento de Meteorologia (1972), dos técnicos especializados então vinculados de algum modo à Estação Meteorológica, somente três possuíam formação de nível superior, sendo dois bacharéis em Física e um em Geografia. Esses técnicos foram contratados como docentes do Departamento de Meteorologia em 1973 na qualidade de auxiliares de ensino. Desse modo, o Departamento de Meteorologia procurou atender à parte que lhe competia dentro de um convênio com o Instituto de Física da USP, que tratava de instituir modalidades de especialização no curso de bacharelado em Física, incluindo no curriculum desse curso, disciplinas optativas das áreas de Astronomia, Geofísica e Meteorologia. Na impossibilidade de se encontrar no Brasil pessoal qualificado na área de Meteorologia para compor o quadro de docentes do Departamento, foi necessário recorrer à contratação de pessoal qualificado no exterior.

próxima>>